quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Comunicação Popular tem novidades em Santa Catarina



O ano de 2011 começa com novidades para a Rede Popular Catarinense de Comunicação, uma articulação de entidades de comunicação popular que busca divulgar aquilo que a mídia comercial não dá importância, como por exemplo, as lutas populares, a cultura nativa e as experiências exitosas do povo organizado. A Agência de Notícias do Contestado (www.agecon.org.br), com sede na cidade de Fraiburgo, já retomou as atividades e está com seu sítio cheio de novidades, inclusive um Rádio Web, que agora também toca notícias. É a concretização de um antigo desejo, fruto de muita luta do pessoal do meio-oeste.


O portal Desacato (www.desacato.info) , que conta com artigos de toda a América Latina, discutindo os temas mais importantes do momento, também já está a todo o vapor e apresenta uma novidade muito importante para o grupo da Pobres e Nojentas(www.pobresenojentas.blogspot.com) . A partir de um trabalho dedicado feito por Rosângela Bion e Wilmi Frantz, finalmente a revista, que nasceu em maio de 2006, agora está disponível em todas as suas antigas edições na rede mundial de computadores.


Assim, quem nunca conseguiu comprar uma “pobrecita”, agora pode vê-la em todo seu esplendor, em PDF, desde o primeiro número (http://desacato.info/pobres-e-nojentas) . Esse era um desejo antigo das Pobres, mas que, por insuficiência tecnológica só pode se fazer realidade com a perseverante insistência do companheiro Raul Fitipaldi, editor do Desacato.


Essas novidades e trabalhos coletivos que vão se tecendo na solidariedade são os nós, seguros e ternos, que constroem a proposta de rede nascida lá na acolhedora Fraiburgo. Todos os dias, companheiros e companheiras, separados geograficamente, mas unidos no desejo de bem informar, preparam esse mosaico de histórias que apresentam ao mundo, certos de que só a cooperação e a unidade podem produzir os frutos suculentos da sociedade que sonhamos.


Convidamos então, a toda gente, para que acessem o sítio da Rede (www.redepopularcatarinensedecomunicacao.blogspot.com) e lá conheçam cada uma destas bonitas experiências de soberania comunicacional. O Estado de Santa Catarina vai se mostrando assim, na comunhão destas propostas que decidiram andar pelo caminho da solidariedade concreta.


4 comentários:

Filosomídia disse...

Sá, O link para a Rede constestado deu errado. O correto é este; http://www.agecon.org.br/

AF Sturt Silva disse...

Para mim aqui, não foi só o link da Contestado não.Os arquivos em PDf da PeN também não abriram,mas pelas capas parecem que é coisa boa...

elaine tavares disse...

já arrumei o link e no meu computador a revista abre direitinho...

zcarlos disse...

Parabéns Elaine.
Vamos estabelecer parceria?
Apesar de gaúcho, estou articulando o I Encontro dos Blogueiros Progressistas de SC, (porque moro em BalCamboriú), o que vc acha da ideia?
Fico à disposição no blog contextolivre.blogspot.com ou no email zcarlosferreira@terra.com.br
Abs!