quarta-feira, 14 de maio de 2008

Hoje amanheci


Hoje amanheci, e já se haviam passado 48 voltas em torno do sol
Longas e deliciosas voltas
De vida repartida com os perdidos, os loucos, os fora da casinha.
Vida partilhada com amigos velhos e novos
48 voltas cheias de grandes tristezas, algumas dores imensas
e infinitas alegrias.

Meus dois homens me despertaram com beijos, abraços e presentes
feitos com as próprias mãos
Meus bons amigos lembraram de mim
Os passarinhos cantaram lindas melodias
e os gatos, sabendo de minha alma em festa
se enroscaram em mim enquanto amanhecia...

Amanhão meu corpo pequeno inicia a quadragésima nona
girando, saudando o grande deus, Kuaray!
E tudo será pleno e quente e doce e belo
e todas as lutas serão travadas
e o sorriso não se apagará em mim..
porque viver, já ensinaram os Apaches
é caminhar na beleza!

Um comentário:

Pobres&Nojentas disse...

Linda a nossa editora!

Mimi