segunda-feira, 9 de setembro de 2019

O mito do fracasso do socialismo em Cuba.



Algumas informações sobre Cuba que nos permitem observar o quanto a proposta socialista de vida daquele país não é algo a se temer, e sim algo a se almejar:

Cuba é o primeiro país do mundo a eliminar a transmissão do HIV de mãe para filho.

Cuba é o primeiro país do mundo a criar uma vacina contra o câncer de pulmão.

Cuba é o país com mais médicos, professores, atletas, artistas per capita no mundo. Entenda-se bem: Do mundo!

Cuba treinou mais de 20.000 médicos de vários países pobres do mundo gratuitamente em sua Escola Latino-Americana de Medicina; apesar de suas limitações econômicas.

Cuba tem o dobro de médicos que a Inglaterra, apesar de ter uma população quatro vezes menor.

Cuba é uma fábrica de médicos, engenheiros, atletas, poetas.

Cuba é um dos países com as menores taxas de mortalidade infantil do mundo.

Cuba é o único país latino-americano sem trabalho infantil, sem crianças dormindo nas ruas ou se prostituindo.

Cuba é o país com o maior índice de desenvolvimento humano da América Latina.

Cuba é um dos poucos países do mundo sem desnutrição infantil.

Cuba é um dos poucos países do mundo sem problemas com drogas e drogados.

Cuba foi o primeiro país latino-americano a erradicar o analfabetismo.

Todas essas conquistas foram alcançadas, apesar do bloqueio criminoso e do assédio de todos os tipos aos quais o pequeno, mas heroico país do Caribe, foi brutalmente sujeito.

Então: qual país capitalista da América Latina ou do mundo conseguiu alcançar todas essas conquistas sociais?

Que país latino-americano ou mundial tem níveis tão baixos de criminalidade ou insegurança que Cuba tem?

Fala-se da miséria de Cuba, quando nas cidades dos países latino-americanos ainda faltam os serviços básicos para a grande maioria da população.

Nega-se a grandeza do socialismo, alegando que é um fracasso. Mas veja o que o capitalismo produz: 

Um bilhão de famintos, um bilhão de analfabetos, bilhões de escravos no século XXI, que mal sobrevivem com menos de um dólar por dia, exploração, guerras, invasões, prostituição, tráfico de armas, tráfico de drogas, morte, poluição dos oceanos, rios, desmatamento, aquecimento global, milhares de armas nucleares, capazes de acabar com toda a vida no planeta, terrorismo, doenças. 
Então, quem fracassou?

(Texto: MML) 

Nenhum comentário: